Arquivo da categoria: Uncategorized

Contato

Para anunciar sua matéria, seu serviço, ou um artigo interessante na área de economia criativa, envie um e-mail para thais.villela@hotmail.com e solicite a tabela de valores dos formatos de publicidade de interesse.

61802cf3bffa8ff88fb5127446e318ad

Anúncios

O mito da gasolina do Brasil

Eu não estou contra a greve dos caminhoneiros. As reivindicações deles são justas. Estou contra esta catarse que se formou no Brasil. A crise generalizada já acontece faz tempo

economia-de-buteco

Não povo!. Os caminhoneiros não são heróis do povo Brasileiro. Eles estão parados, justificavelmente, defendendo o deles. E está certo. Mas o preço da gasolina não irá cair. Ao contrário: com a desoneração dos impostos no diesel, possivelmente ela aumente. E não vai ser só isto não. Alguém terá que pagar a conta. Se você acha que vai tirar uma lasquinha na greve dos caminhoneiros, apoiando confortavelmente atrás do seu computador, lamento informar que vai doer no seu bolso também .

Aliás, esta desoneração dos impostos e subsídios no combustível foi exatamente o que o governo do PT fez por anos e foi duramente criticado. Esta atitude, junto com os desvios de dinheiro e as administrações absurdamente incompetentes da Presidente foi o que quebrou a Petrobras. E agora querem novamente uma intervenção estatal nos preços?

Mas independente disto, eles estão corretos, muita embora seja visível a interferência dos grandes setores do transporte nesta orquestra. Em uma comparação bem simples, seria o mesmo que uma greve de professores da rede privada apoiada pelos próprios patrões, onde os professores pedem um aumento nas mensalidades para aumentar seu salário. E se tem patrões apoiando, pode apostar que o custo deste apoio será cobrado da população.

Mas parem, apenas parem, de achar que vai resolver em algo a vida da população, que tanto aplaude, pela “coragem”. Não é coragem não queridos: é poder de fogo. Somente a classe dos transportes tem poder de parar um país. No Chile ficaram parados 28 dias e derrubaram um governo. Ah sim, no Chile foram apoiados pelos EUA (na surdina), mas é óbvio que aqui isto não existe (será?) e eles estão movidos pelo mais profundo interesse de ajudar o país.

Não duvido que os milhões de caminhoneiros autônomos estão na greve pelas dificuldades de trabalho e pelos riscos que enfrentam no dia a dia. A insegurança nas estradas, a falta de conservação, as poucas horas de descanso, etc. mas não vi nada disto na pauta de reivindicação

Aliás, não vi na pauta um pedido para aumento da remuneração por hora trabalhada. E sabem porque não pedem isto? Porque existe um excedente de caminhões no Brasil, causado pela desoneração de impostos e pelas facilidades de compra de caminhões (com incentivo fiscal para as montadoras e financiamento a juros baixos para as transportadoras e autônomos), implantado no Governo Dilma. Sabem o que isto causou? Uma frota renovada e grande, o que levou a uma redução no preço do frete. Com o combustível subsidiado, não tinha muito problema. Livre mercado: mais oferta, preços caem e o governo assumia uma parte da conta, não por responsabilidade, mas por populismo. Mas com a mudança da política de preços dos combustíveis (que aliás, foi pedido indiretamente por milhões de Brasileiros – “salvem a Petrobras”), o aumento do diesel e a redução do preço do frete fez a água chegar no pescoço das grandes empresas. E aumentar o frete não tinha como, devido à grande oferta de caminhões. Concorrência né, queridos. A única solução seria a redução do preço do diesel.

Mas nesta redução do preço, a conta terá que fechar. E já está fechando. O valor de impostos que não serão recolhidos com o diesel terá que vir de outro lugar. (Lei de responsabilidade fiscal, viu) Onera-se outros setores da economia (incluindo a gasolina, tá). Retira-se um tiquinho ali e outro acolá ( saúde e educação estão com dinheiro sobrando mesmo).

E ainda tem mais. Os pedágios, que são controlados por empresas privadas, vão repassar para quem o valor que NÃO será arrecadado com os caminhões? Adivinhem…

Mas independente de tudo isto, os caminhoneiros estão corretos. Estão defendendo o deles ( independente de serem autônomos ou empresas). Mas não, eles não são caminhoneiros guerreiros do povo Brasileiro.

Dd94nAOV4AAwwfX

A única coisa incorreta nesta história toda; greve tem que causar prejuízos? Tem. Tem que incomodar? Tem. Tem que mostrar que manda quem pode e obedece quem tem juízo? Tem. Mas tem que ter limite ético? Tem também.

O leite derramado não me importa, as hortaliças estragadas não me importam ( mas tenho em mente que os preços subirão por vários meses devido à pouca oferta), os pequenos produtores que ficaram descapitalizados também não importa (né?) o agronegócio que será impactado negativamente não me importa (sem cumprimento de prazos e sem produto para exportação e abastecimento local eles irão perder contratos), mas uma coisa me importa: os milhões de animais que já estão e irão morrer de fome em horas ou poucos dias, porque a comida, o milho, a soja, etc, não chega nas milhares de pequenas células granjeiras espalhadas por todo o Brasil.

Há quem justifique que não tem problema isto, pois o destino deles seria a morte de qualquer modo. Para os que acham isto, recomendo que se informem qual é o processo metabólico da morte por caquexia. Sim, a morte para estes animais é inevitável, mas o sofrimento de uma morte lenta e agonizante pode ser evitado sim. Basta que a comida chegue até eles.

Sei que a minha preocupação com a fome destes animais é simplista, afinal, animais e pessoas morrem de fome todos os dias. Mas não é por isto que se justifica a morte pontual e deliberada destes animais agora. Não é porque morrem pessoas todos os dias por falta de remédios que se justifica não chegar oxigênio nos hospitais. Porque se for assim, onde fins justificam os meios, seja lá como for, não existe nenhum sentido em nenhuma luta, por mais justa que seja.

Caminhoneiros, go (mas levem o oxigênio aos hospitais e a comida dos animais as granjas) No mais, podem ficar parados quanto quiserem e inclusive derrubar o governo. O que é uma eleiçãozinha indireta a esta altura do campeonato, não é mesmo? Mais informações AQUI

 

Crítica maravilhosa feita pela Flávia Saad 

Etiquetado , , , ,

COMO A ECONOMIA LUCRA COM O RACISMO

Racismo é crime inafiançável e imprescritível e um dos piores flagelos da nossa sociedade. como jornalista me deparo com certas perguntas e busco soluciona-las através de pesquisas, em que irei citar fontes. o_reflexo_do_racismo_no_brasil

Remonta os primórdios a diferenciação e a discriminação racial. Ao longo dos anos, no processo evolutivo da vida, observou-se que a questão racial sempre provocou discussões na sociedade. O continente africano foi esquecido à própria sorte e o povo de África foi escravizado pela Inglaterra, Portugal, Brasil e outros países por muitos séculos.

O Zumbi dos palmares e o racismo:

O próprio Zumbi dos palmares tinha escravos. E na época da escravidão o sonho de todo escravo era ter escravos. Relembra aquela frase que cita: O oprimido se torna o opressor. Fonte: Guia Politicamente incorreto da historia )

Outra curiosidade que poucos sabem quicá deveriam saber é que Nelson Mandela que hoje representa o Mártir do Apartheid e destruiu a Africa do sul a um estado lamentável

Enquanto servia de mola propulsora para a economia, os negros foram utilizados como mão-de-obra gratuita. Quando o capitalismo precisou de consumidores, “libertou-se” os escravos. O comando da produção sempre esteve sob a mão do grupo dominante, brancos, de olhos azuis, cinza etc. A crise econômica, logo, só pode ser atribuída a quem dirige os rumos do mundo globalizado.

O poder no planeta está dividido entre quem tem razão (dinheiro) – e manda; e quem não tem – e obedece… O capital determina as regras do jogo, quem pode ter voz. Historicamente, pessoas de etnia negra ficam em segundo plano.

O preconceito e o racismo são, na verdade, atitudes, modos de ver certas pessoas ou grupos sociais, o que é condenável mas que, apesar dos avanços nas discussões, ainda acontece em pleno século XXI. É importante ressaltar que o racismo e preconceito racial não são coisas equivalentes. O racismo, sem dúvida, é mais amplo em seu sentido do que o preconceito racial. O racismo ocorre quando se atribui a um grupo determinados aspectos negativos em razão de suas características físicas ou culturais. A Sociologia classifica o racismo como uma discriminação ideológica, na qual um grupo considera ter mais qualidades que o outro.

A mudança desse tipo de pensamento poderá ocorrer mas, para que isso aconteça é fundamental tomarmos consciência das marcas impressas por ela (baixa estima, medo, insegurança, desconfiança, temor) para, de vez, exterminá-la.

Os meios de comunicação social e de massa, cultuam o padrão europeu de beleza (rádio, revistas, jornais, propaganda, cinema, teatro, música popular, literatura e, acima de tudo, TV) os negros ainda têm pouca representação. Já existem algumas mudanças, mas muito ainda necessita ser feito.

Os movimentos de defesa das minorias precisam se manifestar, contribuir para uma justa divisão do poder. É necessário e urgente repensar as políticas públicas, trazer os atores sociais discriminados para o centro do debate, incluir na pauta do dia toda forma de racismo e discriminação. Mais informações você encontra AQUI 

Seu Madruga..

O maior economista de todos os tempos !

huahuaauahauhauahuaahuahauahauhauahauhauahaua

Uii ele quer ser Prefeitú

Pois o Serra já está morrendo …………. mhwahwahwahwahrá!

Nas provas finais de calculo…

Letra D de Deus,Dinheiro.. Dúvida…
hUAHuahUAHuahUAHuahUAHuahUA

Lei da Moeda

kKkKkKkKkKkKkKkKkKkKk

Absorvente nunca más!

Economize $$ pô kKkKkKkKkKkKkKk

via

Anúncios